Vereador quer que doadores de medula tenham preferência em filas em SP

Câmara Municipal de São Paulo
Projeto de lei 499/2014

Os doadores de medula óssea poderão ter preferência em atendimentos na cidade de São Paulo. A medida valeria em “instituições bancárias, estabelecimentos comerciais e similares”, segundo o autor da proposta, o vereador Rubens Calvo (PMDB-SP).

“A presente proposição visa fomentar o aumento do número de doadores de medula óssea com o fim de viabilizar a localização de doadores compatíveis para atender com brevidade a demanda de transplantes dessa natureza”, justifica o parlamentar.

“Alargar a preferência e a prioridade no atendimento às pessoas doadoras é medida que se impõe como de eminente interesse público, social e não menos importante, HUMANITÁRIO”, escreve Calvo.

A multa por descumprir a medida seria de R$ 5 mil.

A íntegra do projeto de lei 499/2014, apresentado em 11 de novembro – está disponível no site da Câmara Municipal de São Paulo.

Dê sua opinião sobre esta proposta no @leisemprojeto

Anúncios

Conheça os candidatos de SP para Senado, governo estadual e Legislativo

Eleições 2014
Pleito em São Paulo

Candidatos ao governo de São Paulo*

– Alexandre Padilha (PT – 13)
– Geraldo Alckmin (PSDB – 45)
– Gilberto Maringoni (PSOL – 50)
– Gilberto Natalini (PV – 43)
– Laércio Benko (PHS – 31)
– Paulo Skaf (PMDB – 14)
– Raimundo Sena (PCO – 29)
– Wagner Farias (PCB – 21)
– Walter Ciglioni (PRTB – 28)

Candidatos ao Senado por São Paulo**

– Ana Luiza (PSTU – 161)
– Kaká Werá (PV – 430)
– Edmilson Costa (PCB – 210)
– Eduardo Suplicy (PT – 131)
– Genildo Moreira (PSB – 400)
– Gilberto Kassab (PSD – 555)
– José Serra (PSDB – 456)
– Juraci Garcia (PCO – 290)
– Fernando Lucas (PRP – 441)
– Marlene Campos Machado (PTB – 140)

Clique e acesse a lista com 1484 candidatos a deputado federal (para 70 vagas) e os 2121 a deputado estadual (94 vagas).

Dê sua opinião sobre as eleições de 2014 no @leisemprojeto

*por ordem alfabética
**em 2014, apenas um será eleito

SP: escolas públicas podem ter semana da orientação profissional

Assembleia Legislativa de São Paulo
Projeto de lei 418/2014

Os estudantes da rede pública paulista de ensino poderão participar de eventos que os ajudem a escolher uma carreira. Pela proposta do deputado estadual Alexandre da Farmácia (PP-SP), as escolas promoveriam, durante o calendário escolar, uma semana de orientação profissional.

“Hoje em dia, existe uma variedade de profissões e cursos superiores, mas os estudantes não possuem informações e auxílios suficientes para decidir por um caminho profissional em que encontrem realização pessoal, financeira e social”, justifica o parlamentar.

Para Alexandre, as atividades da semana de orientação evitarão que o jovem ingresse em um curso superior e, posteriormente, desista. “[Isso,] por entender que a profissão não era o que ele esperava. Ou que ele se dedique a uma atividade profissional e abandone o emprego pelo mesmo motivo”.

A íntegra do projeto de lei 418/2014 – apresentado em 15 de abril – está disponível no site da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Dê sua opinião sobre esta proposta no @leisemprojeto.

DECLARAÇÃO POR LEI: “Olimpíada Evangélica do ABC” no calendário

Assembleia Legislativa de São Paulo
Projeto de lei 443/2013

Realizada no mês de junho, a “Olimpíada Evangélica do ABC” poderá fazer parte do calendário esportivo paulista. A proposta é do deputado estadual José Bittencourt (PSD-SP).

Na justificativa, ele aponta que o evento “tem se destacado por ser o maior movimento esportivo evangélico que se tem noticia em todo território nacional”.

“Reunimos, anualmente, cerca de 1,2 mil atletas cristãos com o objetivo de proporcionar o congraçamento entre jovens evangélicos de nossa região”, argumenta.

A íntegra do projeto de lei 443/2013 – apresentado em 2 de julho – está disponível no site da Assembleia Legislativa de São Paulo.

DO EXECUTIVO: Metrô motiva Haddad a mudar plano viário

Câmara Municipal de São Paulo
Projeto de lei 449/2013

O prefeito paulistano, Fernando Haddad (PT), apresentou uma proposta que pede três alterações no plano de melhoramentos viários, aprovado em 2011. As mudanças interferem na zona sul da cidade.

Dois dos pedidos falam sobre alargamento de faixas. Um refere-se à que segue ao longo do córrego Ponte Baixa. A outra expansão é da Avenida Guido Caloi.

O terceiro ponto é a compatibilização dos alinhamentos na confluência da Avenida Guido Caloi com a Avenida Guarapiranga.

https://i0.wp.com/mw2.google.com/mw-panoramio/photos/medium/20652866.jpg

Córrego Ponte Baixa – Foto: http://mw2.google.com

“As alterações em apreço são decorrentes do detalhamento do projeto executivo, bem como da necessidade de adequação das intervenções inicialmente previstas à construção do pátio de manobras da Linha 5 do metrô, situado na Avenida Guido Caloi, que resultou em interferência no posicionamento dos viadutos projetados”, explica o prefeito.

“Outrossim, foram efetuadas modificações na geometria do projeto de modo a possibilitar que o acesso ao Terminal Guarapiranga, atualmente feito pela Avenida M’Boi Mirim, possa ser realizado também a partir da avenida a ser implantada paralelamente ao córrego Ponte Baixa”, completa.

A íntegra do projeto de lei 449/2013 – apresentado em 25 de junho – está disponível no site da Câmara Municipal de São Paulo.

NOME POR LEI: Rua Oriente Imam Moussa Al-Sader, no Brás, em SP

Câmara Municipal de São Paulo
Projeto de lei 447/2013

Uma das mais populares ruas de comércio da capital paulista não corre o risco de mudar de nome, mas de vê ficar maior. A proposta do vereador Adilson Amadeu (PTB-SP) é tornar a Rua Oriente a Rua Oriente Imam Moussa Al-Sader.

Libanês, Sader é um filósofo e líder religioso que despareceu em 1978. Depois dessa data, nunca mais se soube dele. A suspeita é que Muammar Gadaffi, ditador líbio, tenha ordenado seu sumiço.

https://i1.wp.com/previous.presstv.ir/photo/20120714/rabbani20120714160620640.jpg

Imam Moussa Al-Sader – Foto: http://previous.presstv.ir

Em nenhum momento, porém, Amadeu explica o motivo dessa homenagem em São Paulo ou alguma relação com a cidade. O nome da capital paulista, por sinal, não é citado em nenhum momento.

A íntegra do projeto de lei 447/2013 – apresentado em 20 de junho – está disponível no site da Câmara Municipal de São Paulo.

Marquito quer liberar comércio a instalar câmera de segurança em poste

Câmara Municipal de São Paulo
Projeto de lei 455/2013

Os proprietários de estabelecimentos comerciais poderão ter permissão da prefeitura paulista para instalar câmeras de vigilâncias nos postes dos arredores.

A proposta, do vereador Marquito (PTB-SP), pretende permitir o reconhecimento das pessoas que passam pelo local caso seja necessária essa verificação.

https://i0.wp.com/msalx.vejasp.abril.com.br/2013/01/10/1924/IPn3f/marquito.jpeg

Marquito (PTB-SP) – Foto: http://msalx.vejasp.abril.com.br

Na justificativa, ele diz que “a intenção é garantir maior segurança aos munícipes, principalmente neste momento em que os níveis de violência estão altos”.

A íntegra do projeto de lei 455/2013 – apresentado em 26 de junho – está disponível no site da Câmara Municipal de São Paulo.