Ataídes Oliveira é o senador com mais propostas em junho

Senado
Balanço de Projetos – Junho de 2013

Com cinco proposições, o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) foi o representante que mais apresentou projetos no mês passado. Em maio, a posição, ocupada por Blairo Maggi (PR-MT), equivalia a seis propostas.

Oliveira conseguiu a liderança em o mês de maior participação de seus pares até agora no ano. Para se ter uma ideia, cinco senadores empataram na segunda posição com quatro propostas cada.

São eles: Alfredo Nascimento (PR-AM), Maggi, Gim Argello (PTB-DF), Paulo Bauer (PSDB-SC) e Vital do Rêgo (PMDB-PB).

http://www.brasil247.com/get_img?ImageWidth=651&ImageId=202353

Ataídes Oliveira (PSDB-TO) – Foto: http://www.brasil247.com

No mês anterior, o vice-líder, Argello, tinha 5 proposições, uma a mais que em junho.

O terceiro lugar também teve um empate entre um trio. Casildo Maldaner (PMDB-SC), Eduardo Lopes (PRB-RJ) e Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) apresentaram três projetos. Para ocupar a posição, de Nascimento, em maio eram necessários quatro.

Reveja os balanços do mês e os anteriores levantados pelo “Leis em Projeto”.

Nathan Lopes, redação e pesquisa

Depois de PSDB e PR, PMDB é o novo partido com mais projetos no Senado

Senado
Balanço de Projetos – Junho de 2013

No terceiro mês de levantamento do “Leis em Projeto” sobre a produção dos partidos no Senado, uma terceira representação diferente está em primeiro lugar. Depois de PSDB e PR, em junho, a vez foi do PMDB.

Os peemedebistas no Senado assinaram 24 propostas. Mantendo o segundo lugar de maio, o PSDB teve 19.

O PR permaneceu entre os três primeiros, mas, desta vez, acompanhando do PT, com 12 proposições cada.

Fonte: Senado / "Leis em Projeto"

Fonte: Senado / “Leis em Projeto”

Acompanhe o restante da lista:

5° – PTB: 6
6° – PP: 5
7° – PCdoB: 4
8° – PDT, PSB, PRB e PSOL: 3
12° – PV e PSD: 1
14° – DEM e PSC: 0

Como são 15 os partidos com representação no Senado, cada um deles foi responsável por 2,94 projetos em junho.

Dessa maneira, 11 representações estiveram acima desse patamar.

Amanhã, conheça os senadores com mais projetos no mês passado.

Nathan Lopes, redação e pesquisa

Número de senadores com projeto é recorde em junho

Senado
Balanço de Projetos – Junho de 2013

Nos primeiros balanços do ano, os senadores podiam se dividir em três grupos. Desses, dois representam os que não tinham projetos e um, os que tinham. Em junho, pela primeira vez, essa tendência foi invertida.

Dos 81 senadores, 70,4% elaboraram alguma proposta no mês passado. Os outros 29,6% passaram o sexto mês do ano em branco.

Fonte: Senado / "Leis em Projeto"

Fonte: Senado / “Leis em Projeto”

Em números absolutos, 57 representantes estiveram envolvidos com proposições. O leitor pode achar estranho já que, ontem, o “Leis em Projeto” mostrou que foram 44 propostas apresentadas.

O ponto que tira todas as dúvidas é o projeto de lei 248/2013, que pede o passe livre para estudantes. Encabeçado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ele foi coelaborado por outros 52, fator preponderante para o recorde de junho.

Fonte: Senado / "Leis em Projeto"

Fonte: Senado / “Leis em Projeto”

Efeito colateral
O impacto do projeto 248 também foi sentido na média de proposta por senador despencou de 1,6, em maio, para 0,77, no mês passado.

Se fosse considerado todo o universo do Senado, esse número seria de 0,54, abaixo dos 0,72 de junho.

Durante a semana, acompanhe outros dados do balanço de projetos dos senadores no sexto mês do ano.

Nathan Lopes, redação e pesquisa

Em meio a protestos, projetos despencam na Câmara em junho

Câmara Federal
Balanço de Projetos – Junho de 2013

O mês de junho não foi comum. O Brasil nunca havia visto uma manifestação tão grande pedindo por mudanças pela melhora do país. Isso afetou o trabalho da Câmara Federal em junho.

Os deputados, talvez por estarem observando os protestos contra o trabalho deles, diminuíram a quantidade de projetos apresentados no mês passado.

Foram os índices mais baixos desde fevereiro, quando o “Leis em Projeto” começou o balanço mensal sobre a atuação do legislativo federal.

Fonte: Câmara Federal / "Leis em Projeto"

Fonte: Câmara Federal / “Leis em Projeto”

Foram 151 projetos elaborados em 20 datas úteis, uma média de 7,55 por dia. Até então, fevereiro detinha a pior marca, 8,81 em 17 dias. O segundo mês do ano, aliás, teve 150 propostas apresentadas.

No total, a Câmara recebeu 169 proposições, mas 18 delas não foram feitas pelos parlamentares. Sete eram do Senado, quatro, do Executivo. Outras quatro pertencem a comissões e três, ao Supremo.

Fonte: Câmara Federal / "Leis em Projeto"

Fonte: Câmara Federal / “Leis em Projeto”

E, mais uma vez, a proporção sobre o tipo de projeto foi mantida em junho. As propostas originais foram 66,9% do total, enquanto as novas representavam 28,5%. As homenagens totalizaram 4,6%.

Amanhã, acompanhe mais dados do balanço de junho sobre o trabalho da Câmara Federal.

Nathan Lopes, redação e pesquisa

Major Fábio apresenta 10 projetos em um único dia na Câmara

Câmara Federal
Projetos de lei 5791/2013 a 5800/2013

Em 19 de junho, o deputado federal Major Fábio (DEM-PB) divulgou 10 propostas elaboradas por ele para apreciação de seus colegas na Câmara. No total, a data recebeu 18 projetos [os outros 8 foram feitos por sete parlamentares diferentes].

O número de Fábio supera a média diária de toda a produção dos deputados em maio, que ficou em 8,75 [o “Leis em Projeto” apresenta a de junho na semana que vem].

As proposições do deputado versam sobre diferentes temas. Eles vão da “identificação de veículos locados pela administração pública” até a “obrigatoriedade da certificação de óculos e lentes ópticas“.

https://i0.wp.com/www.dercio.com.br/media/images/dynamic/images_blog/major-plenario-1-agencia-camara_3.jpg.554x318_q85_crop.jpg

Deputado Major Fábio (DEM-PB) – Foto: http://www.dercio.com.br

Fábio também pede que as “operadoras de televisão por assinatura e internet compensem os usuários quando o serviço for interrompido” e a “notificação do consumidor nas cessões de crédito“.

Outras propostas falam sobre o uso do SAC por “usuários do Serviço Móvel Pessoal“, a “extensão da licença paternidade em caso de falecimento da mãe no parto“, e “identificação da prestadora do terminal nas ligações de telefones fixos ou móveis“.

Ainda há projetos a respeito da “punição ao empregador que obrigar o funcionário a realizar horas extras“, de “informar o consumidor sobre a procedência dos produtos de origem animal“, e da “garantia de um intervalo de 15 minutos entre a jornada normal e a extraordinária” no trabalho.

Desde que o “Leis em Projeto” começou o levantamento mensal da produção legislativa na Câmara Federal, o deputado Major Fábio foi o que mais apresentou projetos. E sempre com números muito acima de seus colegas.

No mês passado, ele elaborou 12, contra 5 do segundo colocado. Em abril, foram 22 contra 6.

O “Leis em Projeto” destacou esse fato, pois, até então, nunca havia verificado uma quantidade tão grande de projetos ser apresentada por um único parlamentar. Fábio, inclusive, tem outros projetos em junho, como você poderá atestar no balanço da semana que vem.

A respeito da qualidade das propostas, o “Leis em Projeto” deixa um espaço aberto a seus leitores para a discussão, como os debates semanais.

Mudança apenas na 1ª posição entre os senadores com mais projetos em maio

Senado
Balanço de Projetos – Maio de 2013

Blairo Maggi (PR-MT) assumiu o lugar de João Costa (suplente pelo PPL) e tornou-se o senador que mais apresentou propostas de lei no mês passado.

Foram seis, segundo o levantamento realizado pelo “Leis em Projeto” na base de dados do Senado. São duas proposições a mais do Costa havia elaborado em abril.

Maggi é responsável por metade de todas as propostas feitas por seu partido, o PR; e 75% das oito do Mato Grosso.

https://i1.wp.com/2.bp.blogspot.com/-oSgj06CVzNE/TklujqTTpTI/AAAAAAAAWBE/Gj3JS_YfnZk/s1600/corrup%25C3%25A7%25C3%25A3o_blairo_maggi_jururu.jpg

Blairo Maggi (PR-MT) – Foto: http://2.bp.blogspot.com

As posições seguintes não apresentam novidades. A diferença, porém, é que seus ocupantes estão desacompanhados desta vez.

Com cinco projetos, Gim Argello (PTB-DF) foi o segundo colocado. Ele elaborou dois a mais do que em abril.

Na terceira posição, aparece Alfredo Nascimento (PR-AM).

Suas quatro proposições foram quase responsáveis pela outra metade das 12 apresentadas pelo partido dele e de Maggi [as outras duas foram de Vicentinho Alves (TO)].

Nascimento dobrou o número de propostas em relação ao mês anterior, quando havia elaborado duas.

Nathan Lopes, redação e pesquisa

PMDB assume 1° lugar na Câmara em maio; PSDB cai para terceiro

Câmara Federal
Balanço de Projetos – Maio de 2013

Os três partidos com mais projetos na Câmara dos Deputados em maio são os mesmo de abril. A diferença está no posicionamento deles.

Com exceção do Democratas, que manteve o segundo lugar com 24 projetos, PSDB e PMDB inverteram o posicionamento.

Fonte: Câmara Federal / "Leis em Projeto"

Fonte: Câmara Federal / “Leis em Projeto”

Em maio, os peemedebistas apresentaram 29 propostas, quatro a mais que no mês anterior. Já os deputados filiados ao PSDB somaram 19 proposições, pouco mais da metade do elaborado em abril, 34.

No mês anterior, sete partidos ficaram sem projetos feitos por seus parlamentares. Esse número caiu em maio, ficando em seis. Eles são PTC, PMN, PRP, PHS, PSL e PEN.

Acompanhe a lista:

4° – PT: 17
5° – PSD: 16
6° – PR: 15
7° – PDT: 14
8° – PSC: 8
9° – PDT: 7

Das 30 representações partidárias no Brasil, 24 possuem deputados.

Dessa forma, a média aponta que cada partido dessas duas zenas foi responsável por cerca de sete propostas. Além de PMDB, DEM e PSDB, outros seis estiveram acima desse patamar em maio.

10° – PP: 6
11° – PRB: 5
12° – PV: 4
13° – PTB, PCdoB e PPS: 3
16° – PTdoB e PRTB: 2
18° – PSOL: 1

Amanhã, conheça os deputados que mais apresentaram projetos em maio.

Nathan Lopes, redação e pesquisa

LEIA MAIS
Número de projetos na Câmara cai quase 20% em maio
Quatro estados ficam sem propostas em maio; SP segue líder
Grupo de deputados com propostas regride no mês passado