Deputada quer obrigar livreiros a divulgar obras brasileiras

Câmara Federal
Projeto de lei 4668/2012

Pelo menos 30% dos destaques em vitrines externas, internas, em pontos de venda e páginas na internet de livrarias deverão ser obras brasileiras.

A proposta é da deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB), que, no texto, ainda coloca que 10% dos livros expostos possam ser obras clássicas nacionais a preços promocionais, caso seja esse o desejo do livreiro.

“É comum primeiro vermos destaques de obras estrangeiras nas prateleiras; já as obras nacionais e os nossos grandes clássicos ficam em plano secundário nesses lugares”, justifica a deputada.

“A realidade é que infelizmente muitos dos exemplares de autores de renome nacional raramente são colocados nesses locais ou quando isso ocorre, em posição quase camuflada, para não dizer escondidos atrás dos estrangeiros”.

A íntegra do projeto de lei 4668/2012 – apresentado em 7 de novembro – está disponível no site da Câmara Federal.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s